Anúncios

A Eletronuclear é uma empresa subsidiária da Eletrobras, fundada no ano de 1997 com o objetivo de liderar a construção e a operação de usinas termonucleares em Brasil. A empresa foi constituída sob o regime jurídico de economia mista, devido à sua importância estratégica para o Estado. Hoje em dia, a Eletronuclear responde por algo em volta de 3% de toda a energia elétrica consumida no Brasil. A energia é distribuída pelo país através de um sistema elétrico interligado, atingindo assim os principais polos consumidores do território nacional.

Só no estado do Rio de Janeiro, a Eletronuclear fornece mais de 30% de toda a eletricidade consumida, sendo que essa proporção só faz crescer desde a conclusão da terceira e última usina da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto (CNAAA), a famosa Angra 3.

O que é a Eletronuclear?

Localizado no município de Angra dos Reis, o complexo nuclear foi assim batizado em homenagem àquele que foi um dos maiores pioneiros na pesquisa em tecnologia nuclear de ponto no Brasil, bem como um dos maiores articuladores da política nacional do setor. Inspiração para a primeira usina, o Almirante não veria a conclusão da obra ainda em vida, tendo falecido no ano de 1976. No entanto, sua obra permanece viva e vivaz, refletindo seu legado na competência e na capacitação dos funcionários técnicos que trabalham nas usinas nucleares brasileiras, produzindo energia limpa e de qualidade nos melhores padrões internacionais de eficiência e ecologia.

Atualmente em constante atividade temos as usinas de Angra 1 e Angra 2. A usina de Angra 3, uma cópia do modelo desta última, passará a trabalhar com os avanços tecnológicos que ocorreram nesse meio-tempo já integrados em sua estrutura. Em adição a isso, o Plano Nacional de Energia vigente até 2030 prevê a construção e a operacionalização de novas centrais nucleares, em especial nas regiões Nordeste e Sudeste. Há de se notar que as usinas nucleares são estruturas não só tecnologicamente complexas de serem operadas, mas também a necessidade da aplicação de medidas e parâmetros de segurança, dada a possibilidade de graves acidentes com consequências nefastas para o meio ambiente e a saúde da população local. É devido a isso que o principal princípio da Política de Gestão Integrada da Segurança das usinas de Angra dos Reis prioriza, acima de interesses financeiros e produtividade econômica, a segurança nuclear. Essa cultura de segurança da Eletronuclear é motivo de orgulho para a empresa, tendo rendido frutos palpáveis com o passar dos anos, uma vez que a empresa nunca viu em seus mais de 30 anos de atuação sequer um acidente que colocasse em risco a vida de funcionários, da população ou do ecossistema local.

Trata-se de uma empresa muito interessante para trabalhar, com variados planos de carreira e tipos diferentes de laços empregatícios. Há, por exemplo, os funcionários que ingressam na profissão mediante concurso público de provas e títulos, além dos estagiários em nível superior e, por óbvio, os jovens aprendizes. Por ser uma empresa de economia mista com largo interesse estratégico para o Estado brasileiro, a Constituição Federal de 1988 determina em seu artigo 37 que a Eletrobrás só pode fazer contratações através de concursos públicos. As convocações de pessoas aprovadas nos concursos são feitas na proporção das necessidades operacionais e logísticas da empresa, de modo a atender às requisições encaminhadas ao setor de Recursos Humanos e observar as diretrizes estipulados nos editais. O prazo para o cadastro de reserva dos concursos, ou seja, o tempo máximo que pode passar entre aprovação no concurso e tomada de posse do cargo, é de 4 a 5 anos, a depender do edital.

O estágio é uma maneira da Eletrobrás Eletronuclear se conectar com a academia, além de manter suas vagas abertas aos mais variados níveis de educação formal. É necessário que os interessados em estágio na empresa preencham um formulário eletrônico de Candidato ao Estágio, enviando um e-mail para [email protected]. Os requisitos obrigatórios devem ser cumpridos, sob pena de eliminação do processo seletivo. Esses requisitos incluem a matrícula formalizada em instituições de ensino vinculados ao Programa de Estágio da Eletrobrás Eletronuclear. Caso a instituição não seja vinculada, será necessário a adoção de um termo de compromisso.

Programa Jovem Aprendiz

O Programa Jovem Aprendiz da Eletronuclear, de sua banda, é um programa que visa beneficiar jovens entre as idades de 14 e 24 anos, devidamente matriculados e com frequência no Ensino Médio ou Técnico. As contratações desses jovens aprendizes é feita por meio de seleção pública. A seleção é divulgada de acordo com o edital, a cargo da Superintendência de Recursos Humanos.
Lembrando que a idade máxima de 24 anos não se aplica para pessoas com deficiência; serão consideradas deficientes as pessoas que se encaixam nas categorias positivadas nos Decretos nº 3.298/1999 e 5.296/2004. A deficiência tem que ser declarada pelo candidato já no ato da inscrição, sendo esta a condição necessária para eliminar o impedimento de interposição de recursos em favor de sua situação. Há ainda outros requisitos que devem ser observados pelos candidatos, como nacionalidade brasileira, aptidão nos exames médicos pré-admissionais e não ter cursado, concluído ou sido certificado no mesmo curso de aprendizagem no passado, ou qualquer curso com conteúdo pragmático similar, e muito menos ter sido contratado previamente pelo Programa Jovem Aprendiz da Eletrobrás Eletronuclear.

Há uma série de benefícios para os aprendizes sob o programa da Eletronuclear, como seguro de vida e acidentes pessoais, vale-transporte e vale-alimentação ou vale- refeição. A carga horária da jornada de trabalho do aprendiz é de 4 horas diárias, totalizando o montante de 20 horas por semana. Para ser aprovado no processo, o candidato passa por 4 etapas diferentes. A primeira é a inscrição online, de caráter eliminatório. A segunda é a prova escrita, de caráter tanto eliminatório quanto classificatório. Depois, vem a entrega da documentação comprobatória dos requisitos exigidos na inscrição.

A comprovação das condições de admissão é necessária, sob pena do candidato ser eliminado em definitivo do processo seletivo. A quarta e última etapa consiste nos exames médicos pré-admissionais, a Reunião de Informação Profissional (RIP), a assinatura do contrato e a aula inaugural.

You May Also Like

Jovem Aprendiz Casas Bahia

Anúncios Na busca pelo primeiro emprego surgem diversas dificuldades que fazem qualquer…

Jovem Aprendiz Grupo Solví

Anúncios A Solvi é um grupo nacional de atuação em soluções que…

Jovem aprendiz Herbalife – Empresa de nutrição

Anúncios A Herbalife é uma empresa muito conhecida no ramo de nutrição…