Anúncios

O nosso cotidiano está repleto das mais diferentes situações que podem nos tirar o foco. Dessa forma na nossa vida podem acontecer os mais diferentes problemas, como é o caso de problemas de saúde, desentendimentos familiares e imprevistos financeiros, os quais não são fáceis de lidar e que geram uma carga de adversidade durante o nosso dia a dia. Diante dessas situações, algo que pode ajudar de forma bastante interessante é justamente a Inteligência Emocional. Entretanto, você está familiarizado com esse termo?

O que é inteligência emocional?

Diferente de outros tipos de inteligência, as quais são voltadas para o desenvolvimento intelectual, a Inteligência emocional diz respeito à habilidade de lidar com nossas emoções e compreender os próprios sentimentos. O psicólogo Daniel Goleman, que é o criador do termo, afirma que o desenvolvimento de uma boa inteligência emocional faz com que a vida seja muito mais suave.

Dessa forma para conseguir compreender melhor o que é a Inteligência emocional é preciso entender os seus cinco elementos principais: autoconhecimento, autocontrole, empatia, relacionamento interpessoais e domínio de propósito e visão.

Por que a inteligência emocional é tão importante?

De forma a deixar bastante claro, pessoas que são consideradas “emocionalmente inteligentes” são muito mais confiantes e motivadas, além de avaliar as suas atitudes e pensamentos de forma muito mais constante e conseguem se relacionar de maneira mais equilibrada, ficando muito mais simples encarar as situações difíceis, tratando-as com muito mais facilidade e garantindo que conseguem ter uma grande capacidade de superação.

Da forma que está sendo levantada a questão parece que é apenas na vida pessoal que precisamos desenvolver a Inteligência Emocional, entretanto ela serve para todos os aspectos da sua vida. Estudos têm mostrado que pessoas que apresentam este tipo de capacidade conseguem ser muito mais bem-sucedidas profissionalmente e se dão muito melhor no ambiente de trabalho. Outro dado bastante interessante é que pessoas com altos níveis de QI são superadas em 70% das vezes por pessoas que são emocionalmente inteligentes.

Dessa forma a inteligência emocional está ligada, principalmente, aos seguintes fatores:

Comunicação

O ato de se comunicar de maneira assertiva, expressar melhor seus pensamentos e possuir boas habilidades como ouvinte.

Relacionamentos

O relacionamento de pessoas emocionalmente inteligentes é muito mais saudável. Isso se deve ao fato de que emoções equilibradas fazem com que as relações interpessoais sejam muito mais duradouras, fortes e baseadas no respeito.

Saúde física e mental

A verdade é que quando deixamos o estresse e o descontrole emocional tomar conta do nosso dia a dia, nosso corpo e nossa mente são afetadas de forma grandiosa. Pessoas que não conseguem administrar a sua inteligência emocional são afetadas por ansiedade, nervosismo, desânimo, distúrbios alimentares e problemas estomacais os quais estão intimamente ligados com as nossas emoções. Portanto ter um corpo e mente equilibrados depende, também, da forma como nós lidamos com nossos sentimentos.

Porém existe uma noticia boa, assim como várias coisas na nossa vida a inteligência emocional também pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada. Se você se pautar em algumas mudanças de comportamento, foco e repetição, será fácil conseguir melhorar em vários aspectos da sua vida.

You May Also Like

Saiba tudo sobre Jovem Aprendiz Vale

Anúncios A Vale é uma das maiores mineradoras do mundo, transformando recursos…

Jovem Aprendiz Ultragaz – Distribuidora de gás

Anúncios A Ultragaz é uma empresa que é marcada por um pioneirismo.…

Inteligência Emocional no Trabalho

Anúncios A inteligência emocional no trabalho é uma das principais competências que…